Nossa História

A Modalidade do Mar, é uma das vertentes do Escotismo. Tem como principal diferença das outras modalidades  o desenvolvimento de suas atividades preferencialmente na água. Onde quer que exista água em quantidade e profundidade suficientes para que uma embarcação possa navegar, seja ela de que tipo for. Sendo assim, podem existir Escoteiros do Mar tanto em regiões costeiras como em regiões próximas a rios, lagos, lagoas ou pantanal. Na Modalidade do Mar procura-se desenvolver nos jovens o gosto pela vida no mar, pelas artes e técnicas marinheiras, pela navegação à vela e a motor, pelas viagens e transportes marítimos, pela pesca, pelo estudo da oceanografia, pela exploração e pelos esportes náuticos, incentivando o culto das tradições da Marinha. A gama de atividades que podem ser realizadas é enorme, indo da tradicional navegação a remo até mergulho ou windsurf.

 

História

Em agosto de 1909, Baden-Powell organizou às margens do Rio Beaulieu um acampamento para Escoteiros do Mar, com cerca de 100 jovens, a maioria da Tropa Mercúrio. Em 1910, baseado nas experiencias do acampamento do Rio Beaulieu, Robert B-P lança seu livro "Escotismo do Mar para Rapazes". Em 1912 seu irmão mais velho, Warintgon B-P apresenta o manual completo para os jovens "Escotismo do Mar e Marinharia para Rapazes".

Modalidade do Mar no Brasil

Em 17 de abril de 1910 o Encouraçado Minas Gerais (naquela  époica se escrevia "Geraes") chegou ao Brasil trazido pela Marinha de Guerra, juntamente com a nova Frota construida na Inglaterra. Os primeiros manuais, uniformes e escoteiros brasileiros, filhos de alguns de suboficiais e oficiais que estavam a serviço na Inglaterra, os quais fizeram parte do início do Movimento Escoteiro naquele país, também chegaram com a Frota. O Oficial Amélio de Azevedo Marques teve seu filho, Aurélio Azevedo Marques, o primeiro "Boy Scout" brasileiro, que fez promessa na Inglaterra, e junto com os demais marinheiros é considerado o introdutor do Escotismo no Brasil. Alguns dos marinheiros que vieram na Frota Naval, logo que chegaram ao Rio de Janeiro fundaram em 14 de junho o Centro de Boys Scouts do Brazil, no bairro do Catumbi, próximo do sambódromo, na Rua do Chichorro número 13. (existe na fachada da casa uma placa alusiva à fundação deste grupo, hoje extinto, colocada pelo CCME - Centro Cultural do Movimento Escoteiro, localizado na cidade do Rio de Janeiro).

O 197º Grupo Escoteiro do Mar “Encouraçado Minas Geraes”

 

A história do “Encouraçado Minas Geraes” está intimamente ligada à criação e instalação da CFMG – Capitania dos Portos de Minas Gerais em 05 de dezembro de 2018 na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais.

 

Instalada a Capitania, em 03 de janeiro de 2019 o Chefe Zaqueu de Paula Collecta “subiu a bordo” para solicitar o apoio dos militares da Marinha do Brasil à criação do primeiro grupo escoteiro do mar de Minas Gerais. Recebido pelo subcomandante da Capitania, Capitão de Fragata Julio César Cerqueira de Almeida, teve o imediato apoio daquela OM ao Projeto ainda em fase de formatação.

 

Recebido o apoio da Região Escoteira de Minas Gerais através de seu diretor-presidente, Chefe Marcos Magno Gomide, criou-se uma Comissão Fundadora composta de escotistas e dirigentes oriundos de outros grupos escoteiros e de pessoas simpáticas ao Movimento: Luciano Hora, Emerson Roni, Martha Prates, Vanessa de Oliveira, Megly Coelho Collecta, Claudia Maria da Silva Collecta, João Higino, Martha Prates (primeira Akelá), Juliana Oliveira Barros e o Pioneiro Hendrick Gabriel (que, posteriormente devido à distância de sua casa até o local das atividades, deixou a Comissão).

 

Com a mediação da Marinha do Brasil encontrou-se acolhida no ICLI – Iate Clube Lagoa dos Ingleses, situado no município de Nova Lima, local onde o GEMar realizou suas atividades até meados de 2020. Devido ao encerramento das atividades do Clube, a sede do Grupo passou a funcionar na Vila Militar da Marinha, na região da Pampulha.

 

O 197MG foi fundado em 05 de maio de 2019 e, cumpridas as formalidades junto à União dos Escoteiros do Brasil, iniciou suas atividades em 11 de junho de 2019, dia da Marinha e do Escoteiro do Mar. O numeral do Grupo, "197" foi escolhido por ser o inverso número do casco do navio encouraçado Minas Geraes (não era possível pedir o numeral 791!). O Brasão é uma montagem do brasão da Marinha do Brasil e do símbolo da Modalidade do Mar. Ele remete à íntima união do nosso Grupo com a Capitania Fluvial de Minas Gerais.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.